Category Archives: Uncategorized

Solstício de Verão

http:/www.online24.pt/solsticio-de-verao/?post_id=1780732393_10201090590785171#_=_

“Solstício de verão é o momento que marca o início do verão. O verão 2014 começa no dia 21 de junho de 2014 exatamente às 10:51 horas em Portugal. Este momento é conhecido como solstício de verão.

O que acontece no Solstício de Verão?
A astronomia define como solstício de Verão o momento em que o Sol, assim como o vemos a partir da Terra, atinge a maior declinação em latitude, medida a partir da linha do Equador, em junho no hemisfério norte, e em dezembro no hemisfério sul.

O que quer dizer Solstício de Verão?
O termo “solstício” vem do Latim e é composto por duas palavras: sol (sol) e sistere (que não se mexe). Solstício significa portanto, “sol parado”, uma vez que para o observador que está na Terra, o sol parece manter uma posição fixa ao nascer e ao se pôr, durante algum tempo. Solstícios acontecem duas vezes por ano, em junho e em dezembro, definindo as mudanças de estação.

Em junho observamos o solstício de verão, que coincide com o início do verão no hemisfério norte. Já no hemisfério sul acontece ao mesmo tempo o solstício de inverno.

Por volta de 21 de dezembro acontece o contrário: enquanto o hemisfério norte recebe o solstício de inverno, chega o solstício de verão ao hemisfério sul.

Datas e horas do Solstício de Verão
Em 2013, no dia 21 de junho às 06:04
Em 2014, no dia 21 de junho às 10:51
Em 2015, no dia 21 de junho às 16:38
Em 2016, no dia 20 de junho às 22:34
Em 2017, no dia 21 de junho às 04:24″

_ (Solestício de Verão _ Online24)

A Terra Maravilhosa

Enquanto caminhava na praia as ondas eram enormes e quebravam com força e curvas maravilhosas. Você caminhava contra o vento, e de repente sentiu que não havia nada entre você e o céu, e esta abertura era o paraíso. Estar tão completamente aberto, vulnerável – às montanhas, ao mar, e ao homem – é a própria essência da meditação. Não ter resistência, não ter barreiras interiores a coisa alguma, ser realmente livre, completamente, de todas as ânsias menores, compulsões, e exigências, com todos os seus pequenos conflitos e hipocrisias, e caminhar pela vida de braços abertos. E nessa tarde, caminhando ali naquela areia molhada, com as gaivotas à sua volta, sentiu a extraordinária sensação de liberdade aberta e a grande beleza do amor que não estava em si ou fora de si – mas em todo lugar.

krishnamurti_2

Krishnamurti

All The Marvelous Earth Brockwood Park 3rd Public Talk 6th September 1980