Category Archives: Relação com a Natureza

Solstício de Verão

http:/www.online24.pt/solsticio-de-verao/?post_id=1780732393_10201090590785171#_=_

“Solstício de verão é o momento que marca o início do verão. O verão 2014 começa no dia 21 de junho de 2014 exatamente às 10:51 horas em Portugal. Este momento é conhecido como solstício de verão.

O que acontece no Solstício de Verão?
A astronomia define como solstício de Verão o momento em que o Sol, assim como o vemos a partir da Terra, atinge a maior declinação em latitude, medida a partir da linha do Equador, em junho no hemisfério norte, e em dezembro no hemisfério sul.

O que quer dizer Solstício de Verão?
O termo “solstício” vem do Latim e é composto por duas palavras: sol (sol) e sistere (que não se mexe). Solstício significa portanto, “sol parado”, uma vez que para o observador que está na Terra, o sol parece manter uma posição fixa ao nascer e ao se pôr, durante algum tempo. Solstícios acontecem duas vezes por ano, em junho e em dezembro, definindo as mudanças de estação.

Em junho observamos o solstício de verão, que coincide com o início do verão no hemisfério norte. Já no hemisfério sul acontece ao mesmo tempo o solstício de inverno.

Por volta de 21 de dezembro acontece o contrário: enquanto o hemisfério norte recebe o solstício de inverno, chega o solstício de verão ao hemisfério sul.

Datas e horas do Solstício de Verão
Em 2013, no dia 21 de junho às 06:04
Em 2014, no dia 21 de junho às 10:51
Em 2015, no dia 21 de junho às 16:38
Em 2016, no dia 20 de junho às 22:34
Em 2017, no dia 21 de junho às 04:24″

_ (Solestício de Verão _ Online24)

Naica: A caverna dos cristais gigantes

Postado por: Ambientalistas em rede em Ciência maio 27, 2012

As minas de Naica, na cidade de Chihuahua, no México são as responsáveis por um dos fenômenos mais belos do mundo. Os cristais gigantes em seu interior formam um imenso labirinto semitransparente que deixam qualquer um de boca aberta.

Com 300 metros de profundidade, as minas permaneceram ocultas até 2000, quando foram descobertas por um grupo de mineiros que trabalhavam próximo ao local. Seu interior tem uma temperatura de aproximadamente 45º e umidade de 90%, fazendo com que o calor sufocante de dentro da caverna seja mortal, podendo matar uma pessoa em apenas 30 minutos. Por conta diisso, os cientistas que vão até o local, são obrigados a usar trajes especiais e máscaras de oxigênio e mesmo com esses equipamentos, só podem permanecer na caverna por no máximo 45 minutos.

A caverna tem a dimensão de um campo de futebol e a altura de um prédio de dois andares. Seus cristais medem cerca de 11 metros e podem pesar até 55 toneladas.

Em 2008, o cientista Penny Boston encontrou bactérias dentro das pequenas bolhas de ar que se formam durante o período de crescimento dos cristais. Ao estudar mais profundamente essa bactéria, Penny, constatou que nunca foi visto algo parecido na Terra.

Cientistas continuam explorando as minas, e creem na existência de uma outra caverna, com maior profundidade.

Naica-Ambientalistas-em-rede-5 Naica-Ambientalistas-em-rede-6-1024x681 Naica-Ambientalistas-em-rede-2

Grande cidade maia descoberta no leste do México

Estruturas piramidais, ruínas de palácios, campos de jogos de bola, praças e esculturas foram descobertos na selva mexicana, revelando uma das maiores cidades maias do leste do México. O apogeu da cidade terá sido entre os anos 600 e 900 D.C., segundo o Instituto Nacional de Antropologia (INAH).

Designada por Chactún («Pedra Vermelha» ou «Grande Pedra»), a até agora desconhecida cidade maia ocupa mais de 22 hectares no estado de Campeche, no sudeste do país.

A dimensão da cidade sugere que deve ser sido sede do governo entre  600 and 900 D.C.

Escondida durante anos na selva a norte da Reserva Natural de Calakmul, Chactún permaneceu um «vazio» total no mapa arqueológico maia, disse  Ivan Sprajc, arqueólogo do Centro de Investigação Científica da Academia eslovena das Ciências e das Artes, que dirigiu a expedição.

No entanto, «trata-se de um dos maiores locais das terras baixas centrais» da civilização  maia, salientou.

O sítio de Chactun é um dos cerca de 80 locais detectados pelo Projecto  de Reconhecimento arqueológico do sudeste do México, lançado em 1996.

Consistindo em três complexos monumentais, situados a oeste, sudeste e nordeste, o sítio abriga um vasto número de estrelas (altas esculturas em pedra) e altares.  O local tem numerosas construções de tipo piramidal com cerca de 23 metros  de altura, bem como terrenos de jogo, praças, monumentos e zonas de habitação.

(Diário Digital)

maia5maia

300 mil Árvores vão ser destruídas

Até dói! Viveiros vão ter de destruir 300 mil árvores por falta de apoios que o Estado prometeu.

Quando se fala num viveiro, morrer será a última palavra que ocorre. Mas é com a morte das plantas que lidam os viveiristas florestais. Os apoios do Estado à reflorestação estão parados e há milhares de euros de prejuízos. As árvores jovens não podem ser armazenadas e estão a acabar condenadas à morte.

Via Sic.

Vodpod videos no longer available.

Belaluz – Plantas Aromáticas e medicinais

mail

BELALUZ – Em benefício da saúde e em defesa do ambiente.

Segundo Elisabete Costa, formada em engenharia agrícola pela UTAD, a sua missão como produtora é: – Preservar e valorizar o nosso património genético, gastronómico e cultural; recuperar aromas, sabores antigos, quase perdidos; oferecer inovação através da colaboração de produtos alimentares diferenciados e certificados, tendo por base matérias-prima agrícolas de alta qualidade oriunda do modo de produção biológica.

A Quinta de Sernades, Braga, é do tipo agro-florestal com área total de 2.3ha. Toda a exploração está em Modo de Produção Biológico, controlado e certificado pela Certiplanet PTAB/04.