Naica: A caverna dos cristais gigantes

Postado por: Ambientalistas em rede em Ciência maio 27, 2012

As minas de Naica, na cidade de Chihuahua, no México são as responsáveis por um dos fenômenos mais belos do mundo. Os cristais gigantes em seu interior formam um imenso labirinto semitransparente que deixam qualquer um de boca aberta.

Com 300 metros de profundidade, as minas permaneceram ocultas até 2000, quando foram descobertas por um grupo de mineiros que trabalhavam próximo ao local. Seu interior tem uma temperatura de aproximadamente 45º e umidade de 90%, fazendo com que o calor sufocante de dentro da caverna seja mortal, podendo matar uma pessoa em apenas 30 minutos. Por conta diisso, os cientistas que vão até o local, são obrigados a usar trajes especiais e máscaras de oxigênio e mesmo com esses equipamentos, só podem permanecer na caverna por no máximo 45 minutos.

A caverna tem a dimensão de um campo de futebol e a altura de um prédio de dois andares. Seus cristais medem cerca de 11 metros e podem pesar até 55 toneladas.

Em 2008, o cientista Penny Boston encontrou bactérias dentro das pequenas bolhas de ar que se formam durante o período de crescimento dos cristais. Ao estudar mais profundamente essa bactéria, Penny, constatou que nunca foi visto algo parecido na Terra.

Cientistas continuam explorando as minas, e creem na existência de uma outra caverna, com maior profundidade.

Naica-Ambientalistas-em-rede-5 Naica-Ambientalistas-em-rede-6-1024x681 Naica-Ambientalistas-em-rede-2

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s