Grande cidade maia descoberta no leste do México

Estruturas piramidais, ruínas de palácios, campos de jogos de bola, praças e esculturas foram descobertos na selva mexicana, revelando uma das maiores cidades maias do leste do México. O apogeu da cidade terá sido entre os anos 600 e 900 D.C., segundo o Instituto Nacional de Antropologia (INAH).

Designada por Chactún («Pedra Vermelha» ou «Grande Pedra»), a até agora desconhecida cidade maia ocupa mais de 22 hectares no estado de Campeche, no sudeste do país.

A dimensão da cidade sugere que deve ser sido sede do governo entre  600 and 900 D.C.

Escondida durante anos na selva a norte da Reserva Natural de Calakmul, Chactún permaneceu um «vazio» total no mapa arqueológico maia, disse  Ivan Sprajc, arqueólogo do Centro de Investigação Científica da Academia eslovena das Ciências e das Artes, que dirigiu a expedição.

No entanto, «trata-se de um dos maiores locais das terras baixas centrais» da civilização  maia, salientou.

O sítio de Chactun é um dos cerca de 80 locais detectados pelo Projecto  de Reconhecimento arqueológico do sudeste do México, lançado em 1996.

Consistindo em três complexos monumentais, situados a oeste, sudeste e nordeste, o sítio abriga um vasto número de estrelas (altas esculturas em pedra) e altares.  O local tem numerosas construções de tipo piramidal com cerca de 23 metros  de altura, bem como terrenos de jogo, praças, monumentos e zonas de habitação.

(Diário Digital)

maia5maia

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s